Publicações

09/08/16

Especialista fala da importância do reconhecimento da paternidade

Estudo do Conselho Nacional de Justiça, divulgado em 2013, estimava que 5,3 milhões de brasileiros em idade escolar não tinham o nome do pai no registro de nascimento. Para falar sobre a importância do reconhecimento de paternidade, o Cotidino convidou a advogada especializada em direito de família e sucessão, Ivone Zeger.

Ela explicou que o registro de nascimento com o nome do pai é importante e definitivo e faz com que a criança, o adolescente ou o adulto tenha a sensação de cidadania. E existem muitas formas de as pessoas solicitarem o reconhecimento da paternidade, uma ação que demanda poucos recursos e está disponível em cartórios extrajudiciais.

O ingresso com ação judicial para reconhecimento de paternidade está franqueado a qualquer pessoa. Mas existem outras formas: a mãe ou responsável pode requerer o reconhecimento de paternidade em qualquer cartório de registro civil. Após preencher formulário disponível no cartório, posteriormente, as informações serão conduzidas pelo Ministério Público que abrirá uma investigação de paternidade, provavelmente acumulando com pedido de alimentos.

Clique aqui e ouça a entrevista completa.

Fonte: EBC Rádios

Publicações relacionadas

09/08/16

Especialista fala da importância do reconhecimento da paternidade

Estudo do Conselho Nacional de Justiça, divulgado em 2013, estimava que 5,3 milhões de brasileiros em idade escolar não tinham o nome do pai no registro de nascimento. Para falar sobre a importância do reconhecimento de paternidade, o Cotidino convidou a advogada especializada em direito de família e sucessão, Ivone Zeger.

Ela explicou que o registro de nascimento com o nome do pai é importante e definitivo e faz com que a criança, o adolescente ou o adulto tenha a sensação de cidadania. E existem muitas formas de as pessoas solicitarem o reconhecimento da paternidade, uma ação que demanda poucos recursos e está disponível em cartórios extrajudiciais.

O ingresso com ação judicial para reconhecimento de paternidade está franqueado a qualquer pessoa. Mas existem outras formas: a mãe ou responsável pode requerer o reconhecimento de paternidade em qualquer cartório de registro civil. Após preencher formulário disponível no cartório, posteriormente, as informações serão conduzidas pelo Ministério Público que abrirá uma investigação de paternidade, provavelmente acumulando com pedido de alimentos.

Clique aqui e ouça a entrevista completa.

Fonte: EBC Rádios

Publicações relacionadas

Todos os direitos reservados ao autor 2016.
Todos os direitos reservados ao autor 2016.
Fechar