Publicações

25/11/19

Conarci 2019 debate ferramenta tecnológica para compilação de jurisprudência do RCPN

Bonito (MS) – O primeiro dia do XXV Congresso Nacional do Registro Civil (CONARCI), evento promovido pela Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen Brasil), contou, em sua segunda apresentação, com a discussão do tema “Tesauro do Registro Civil das Pessoas Naturais: um instrumento para a organização e representação do conhecimento gerado pelo registro civil”.

A palestra foi ministrada pela especialista em Ciência da Informação, Edna Vera Lucia de Sousa, e contou com a participação das debatedoras Liane Alves Rodrigues, presidente Arpen de Santa Catarina, e Daniela Araújo Marcelino, registradora e 1ª vice-presidente da entidade catarinense.

A palestrante partiu do conceito de “tesauro” para introduzir a discussão e definiu o termo como “uma linguagem padronizada, que visa conceituar a atividade do Registro Civil e trazer uma amplitude para os conceitos inerentes a atividade”.

Na sequência, Edna falou sobre a pesquisa que realiza na área de Ciências da Informação sobre o assunto e explicou como funciona a construção do tesauro, defendendo a necessidade de entende-lo e aplica-lo para que as pesquisas relacionadas ao Registro Civil possam obter melhores resultados.


“Entendo que essa ferramenta tem uma visibilidade do ponto de vista do conhecimento para conseguir organizar os termos e os temas que nós conceituamos no Registro Civil e que utilizamos no nosso dia a dia. Quando se faz uma pesquisa com termos referentes ao Registro Civil é muito difícil encontrar um material adequado porque esses documentos estão espalhados em diversas bases de dados, ou na internet, e não foram indexados ainda com uma ferramenta adequada para sua recuperação”, apontou Edna.

Por sua vez, Liane Alves Rodrigues questionou as vantagens da implantação da ferramenta para os registradores civis e ressaltou a importância de discutir sobre o tema. “Falar sobre o tesauro é importante porque não temos ainda essa ferramenta para buscar todos os termos inerentes à atividade do Registro Civil das Pessoas Naturais. Então o tesauro vem para agrupar esses termos e facilitar a vida dos registradores”, disse Daniela.

Por sua vez, a 1º vice-presidente Arpen de Santa Catarina, Daniela Araújo Marcelino, levantou uma discussão sobre as diferenças entre o tesauro e outros mecanismos de busca, destacando a relevância da aplicação da ferramenta. “O tesauro do registro civil é um assunto novo para mim, mas eu achei muito interessante porque é um apanhado do vocabulário prático utilizado no dia a dia e ele vem auxiliar os registradores e seus colaboradores no dia a dia do trabalho. Então o tema é novo, mas é bastante relevante e interessante”, disse.

O Conarci 2019 é organizado pela Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen/BR), com o apoio da Associação dos Registradores de Pessoas Naturais de Mato Grosso do Sul (Arpen/MS) e acontece até o dia 22 de novembro, em Bonito (MS).

Fonte: Assessoria de Imprensa - Arpen-Brasil

Publicações relacionadas

25/11/19

Conarci 2019 debate ferramenta tecnológica para compilação de jurisprudência do RCPN

Bonito (MS) – O primeiro dia do XXV Congresso Nacional do Registro Civil (CONARCI), evento promovido pela Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen Brasil), contou, em sua segunda apresentação, com a discussão do tema “Tesauro do Registro Civil das Pessoas Naturais: um instrumento para a organização e representação do conhecimento gerado pelo registro civil”.

A palestra foi ministrada pela especialista em Ciência da Informação, Edna Vera Lucia de Sousa, e contou com a participação das debatedoras Liane Alves Rodrigues, presidente Arpen de Santa Catarina, e Daniela Araújo Marcelino, registradora e 1ª vice-presidente da entidade catarinense.

A palestrante partiu do conceito de “tesauro” para introduzir a discussão e definiu o termo como “uma linguagem padronizada, que visa conceituar a atividade do Registro Civil e trazer uma amplitude para os conceitos inerentes a atividade”.

Na sequência, Edna falou sobre a pesquisa que realiza na área de Ciências da Informação sobre o assunto e explicou como funciona a construção do tesauro, defendendo a necessidade de entende-lo e aplica-lo para que as pesquisas relacionadas ao Registro Civil possam obter melhores resultados.


“Entendo que essa ferramenta tem uma visibilidade do ponto de vista do conhecimento para conseguir organizar os termos e os temas que nós conceituamos no Registro Civil e que utilizamos no nosso dia a dia. Quando se faz uma pesquisa com termos referentes ao Registro Civil é muito difícil encontrar um material adequado porque esses documentos estão espalhados em diversas bases de dados, ou na internet, e não foram indexados ainda com uma ferramenta adequada para sua recuperação”, apontou Edna.

Por sua vez, Liane Alves Rodrigues questionou as vantagens da implantação da ferramenta para os registradores civis e ressaltou a importância de discutir sobre o tema. “Falar sobre o tesauro é importante porque não temos ainda essa ferramenta para buscar todos os termos inerentes à atividade do Registro Civil das Pessoas Naturais. Então o tesauro vem para agrupar esses termos e facilitar a vida dos registradores”, disse Daniela.

Por sua vez, a 1º vice-presidente Arpen de Santa Catarina, Daniela Araújo Marcelino, levantou uma discussão sobre as diferenças entre o tesauro e outros mecanismos de busca, destacando a relevância da aplicação da ferramenta. “O tesauro do registro civil é um assunto novo para mim, mas eu achei muito interessante porque é um apanhado do vocabulário prático utilizado no dia a dia e ele vem auxiliar os registradores e seus colaboradores no dia a dia do trabalho. Então o tema é novo, mas é bastante relevante e interessante”, disse.

O Conarci 2019 é organizado pela Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen/BR), com o apoio da Associação dos Registradores de Pessoas Naturais de Mato Grosso do Sul (Arpen/MS) e acontece até o dia 22 de novembro, em Bonito (MS).

Fonte: Assessoria de Imprensa - Arpen-Brasil

Publicações relacionadas

Todos os direitos reservados ao autor 2016.
Todos os direitos reservados ao autor 2016.
Fechar